REVIEW: THE GIVER - O MENSAGEIRO (THE GIVER, #3) ~ LOIS LOWRY


Matty chegou à Povoação há seis anos e está ansioso por receber o seu verdadeiro nome, e espera que seja Mensageiro.
A Povoação é o lugar onde todos aqueles que fugiram ou preferiram deixar a sua casa e o seu passado vivem agora e são bem - vindos.
Matty tem como missão entregar mensagens aos restantes povos. Para isso, tem que caminhar muito, inclusive pela Floresta, que conhece muito bem e pela qual nunca se sentiu ameaçado. Mas algo está errado e, aquilo que um dia foi um lugar calmo e que até “acolhia”, de certa forma, Matty e o recebia de “braços abertos”, começa a mudar.

Quem leu os livros anteriores (o que eu acho que não seja necessário para compreender este), sabe que o fim dos livros ficou como que… “em aberto” (uma coisa que me irritou bastante em ambos!), daí eu ter ficado extremamente feliz por, finalmente, saber o que aconteceu ao Jonas e ao Gabe (The Giver - O Dador de Memórias) e à Kira (The Giver - Em Busca do Azul).

A escrita e a história continuam a ser cativantes. Não houve um único momento em que me sentisse aborrecida enquanto li este livro. Mas, como sempre (e pude ver em diversas reviews que não fui a única a ter esta impressão), a Lois Lowry foge um bocadinho ao assunto. Já nos livros anteriores, principalmente em The Giver - Em Busca do Azul, algumas partes que eu achava que precisavam de explicação não foram explicadas (partes sobre as quais não vou falar para não revelar spoilers).
Tirando este pequeno (grande) pormenor, que fez com que o livro não chegasse às 5 estrelas, este uniu - se com os outros de uma maneira que eu não esperava, pois pensei que os anteriores ficassem sempre em aberto.

Mal posso esperar para ler o que se pensa ser o último desta série, Son, que ainda não está disponível em Portugal.

0 comentários:

Enviar um comentário

 
Layout feito por Adália Sá | Não retire os créditos